ESTA É UMA HISTÓRIA SOBRE A LUZ AZUL

Provavelmente já ouviu falar nos raios UV mas e a luz azul, sabe o que é? Quando ouve falar em “luz azul,” pode pensar em dispositivos electrónicos e ecrãs digitais, mas isso é apenas uma parte da história.

O QUE É A LUZ AZUL?

A luz propriamente dita é composta por luz não visível e luz visível. Os raios UV são um exemplo da luz não visível que é emitida pelo sol.

A luz visível, por outro lado, é a luz que os nossos olhos vêem sob a forma de cores – violeta, índigo, vermelho, verde, amarelo, laranja e azul.

A luz azul é composta por uma gama de cores, desde o azul turquesa à luz azul violeta.

A LUZ AZUL É NOCIVA?

Em pequenas quantidades, a gama azul turquesa do espectro de luz pode até ter alguns efeitos benéficos na sua saúde em geral, ajudando a regular o ciclo do sono/despertar.1

Mas a luz azul violeta pode ser nociva para os nossos olhos2 e pode provocar astenopia e fadiga ocular. Existe uma exposição excessiva à luz azul nociva, em especial no exterior ao sol e através da utilização constante de dispositivos electrónicos e ecrãs, e é por isso que a protecção da sua visão nunca foi tão importante como agora.

1Janeiro de 2014.http://www.2020mag.com/l-and-t/45842

2Ensaios experimentais de fotobiologia in vitro realizados pela Essilor e o Instituto da Visão de Paris. As células primárias do epitélio pigmentário da retina foram fotossensibilizadas com A2E, um dos principais componentes da lipofuscina, "o pigmento da idade". Em seguida, estas células foram expostas durante 18 horas a bandas de iluminação de 10 nm centradas de 390 a 520 nm em incrementos de 10 nm (+ banda de iluminação centrada a 630 nm). Para simular as condições de luz fisiológicas, as irradiâncias luminosas foram moderadas e normalizadas em relação à luz solar natural que atinge a retina. (Arnault et al., 2013 PLOs One).

ONDE ESTÁ PRESENTE A LUZ AZUL NOCIVA?

A luz azul nociva está em todo o lado. Tanto nos espaços interiores como nos exteriores, nos dispositivos e no sol (a luz azul é emitida pelo sol e é por isso que o céu tem tonalidade azul). Na realidade, o sol emite 100 vezes mais a intensidade da luz azul nociva do que os dispositivos electrónicos e os ecrãs digitais.

No exterior, estamos expostos à luz azul nociva de alta intensidade emitida pelo sol. (A acção de manter os olhos semicerrados consiste na defesa natural do nosso corpo contra a luz agressiva e brilho intenso.) Nos espaços interiores, estamos expostos à luz azul nociva dos nossos ecrãs, visores LED e dispositivos digitais.

DE QUE FORMA É QUE AS LENTES TRANSITIONS® AJUDAM A PROTEGER OS NOSSOS OLHOS CONTRA A LUZ AZUL NOCIVA?

As lentes Transitions ajudam a proteger os nossos olhos contra a luz azul nociva tanto nos espaços interiores como nos exteriores e com bastante estilo.

Em espaços interiores, as lentes Transitions® Signature® filtram 1,4x mais luz azul nociva do que as lentes claras convencionais. No exterior, estas lentes reduzem a exposição à luz intensa do sol e filtram mais de 8x a luz azul nociva do que as lentes claras.

Nos espaços interiores, as lentes Transitions® XTRActive® filtram, pelo menos, 2x mais luz azul nociva do que as lentes claras e 8x mais luz azul nociva no exterior.

Irá desfrutar da beleza da luz sabendo que as lentes Transitions ajudam a proteger os seus olhos – onde quer que vá.

Encontre já a suas lentes Transitions